14/04/15

Mais Agrados

Resolvemos escrever nossa história desde que viemos para a Itália, de modo a registrar nossas experiências e aventuras pela Europa. Um dos motivos pelos quais eu sempre quis contar um pouquinho de nossos momentos é que pudessem ser vistos por nossos filhos e netos, pois no dia em que estaremos velhinhos, eles poderão saber um pouco da origem deles. Eu adoraria conhecer mais sobre a vida dos meus avós, por exemplo. Infelizmente a correria do dia a dia não me permitiu, muitas vezes, atualizar com frequência o blog. Faz parte! 

A razão pela qual tenho escrito sobre os presentinhos e lembranças que nossos amigos e familiares enviam para o Matteo, é para que lá na frente, bem lá no futuro, ele poderá saber o quanto foi desejado e amado por tantas pessoas. 

E mesmo com o passar do tempo e com essa distância, nosso bebê continua recebendo presentes muito especiais, que chegam de várias partes.

Abaixo seguem alguns que foram feitos com carinho especial por minha amiga Ana Ribeiro (do Jaba) e Priscila Monteiro. São lindos, muito obrigada!

Presentinho da Ana Jaba

Presentinhos Ana Jaba

Manta feita pela mamma da Priscila Monteiro. Uma gracinha! 





13/04/15

Alô? Tem alguém aí, aí, aí?

Hoje já é dia 14 de abril e por aqui o mocinho ainda não chegou. Já passei em duas consultas nas duas últimas semanas e  fomos informados de que ele está muito bem, saudável, posicionado e prontíssimo para sair. Só tem uma questão, ele gostou de ficar aqui dentro e ao que tudo indica, o mocinho será tranquilo como o pai. Para que correr? Para que se estressar? 

O médico nos comunicou que se não nascer até 15/04/15 às 8h30 serei internada para fazer uma indução, ou seja, Matteo, amore mio, do dia 15 de abril você não passa e, inclusive, se isso acontecer, você nascerá no mesmo dia do seu priminho Nick. Serão duas grandes alegrias na mesma data. 

Todos estão ansiosos para te conhecer, imagine eu e teu pai...

Vem Matteo, Vem! 



Vovó e Vovô Chegaram

E finalmente dia 05 de abril fomos buscar meus pais no aeroporto para recebermos o Matteo. Estávamos um pouco preocupados querendo saber se ele esperaria o dia 05 para nascer, mas ele nao somente esperou como esta deixando nossa família e amigos das quatro partes do mundo super ansiosos. Não passa uma hora sem que a gente receba uma ligaçao ou mensagem perguntando sobre nosso príncipe. Ele està lá, tranquilo e sereno, sem muita pressa para sair. 

A vovó preparou pessoalmente (a mão) vários carinhos para o nosso bebê. Enquanto esperamos, nós aproveitamos para namorar um pouquinho as coisinhas dele. 

Obrigada vovó! É tudo muito lindo e útil! 

Vem Matteo, Vem!










04/04/15

Tia Maluca

Que nossas famílias têm "um que" de doidos eu já sabia. Cada um com sua discreta loucura. Alguns com uma loucura mais   explícita. Esta semana acordo com uma foto enviada por minha irmã no grupo de whatsapp do Matteo. Pois é, ele ainda não nasceu mas já tem um grupo dedicado a ele para envio de informações e atualizações sobre as consultas médicas e exames. 

Vejam o que a tia doida fez: uma tatuagem com o nome do nosso piccolino.  

Isso demonstra o tamanho do amor que o moleque já conquistou antes mesmo de nascer. 



02/04/15

Passeios com Matteo "In Box"

Finalmente parece que a primavera está chegando e junto com ela belissimos dias. Temos tentado fazer algumas caminhadas de vez em quando e aproveitar os dias que agora ficaram mais longos devido ao horário de verão. Esses são efetivamente nossos últimos dias a dois, pois muito em breve teremos nossa eterna companhia. 

Fotos do Parque Bosco in Cittá (Milano)




Fotos do Lago Lierna (Lecco)







Fotos Parco di Treno (Milano)





Carinhos e Mais Carinhos

Uma dos primeiros presentinhos para o Matteo que recebemos e que nos emocionamentos muito vieram da Holanda e do Brasil, enviados por duas queridas amigas Viviane Cordovez e Sonia Cordovez. Que coisa mais linda. Ficamos muito felizes! Obrigada de coração!



Em 2014 Matteo também teve amigo secreto, ou melhor amiga secreta. Olha só o presente da Giada Zago. Grazie grazie grazie. Stupendo davvero. Sará un principe vestito di orso.



O primeiro Natal do Matteo foi bem agitado aqui na Itália. Com amigos secretos muito especiais. Muito obrigada Fabiana Poli. Amei o presente e já vejo meu bonequinho desfilando com essa roupinha linda.


Também não poderia deixar de mencionar o primeiro uniforme do Matteo, esse é do São Paulo Futebol Clube...Obrigada Alexandro Costa, adoramos o presente. 


Tem muito mais, no entanto precisaria passar dias aqui para agradecer todo mundo, por isso agradeço desde já...muito obrigada pelo carinho!


Tantos Carinhos

Fico aqui imaginando eu bem velhinha e o Matteo lendo esses posts e descobrindo o quanto ele era querido por tantas pessoas mesmo antes de nascer. 

Minha prima Marta, de Colina, preparou com todo o carinho uma presentinho que ela fez com as próprias mãos. Olha que coisa mais linda. 

Marta muito obrigada!

É lindo!!!


Ultima Consulta e Maternidade

Dia (31/03) tivemos "em teoria" a última consulta antes do parto. Esta consulta, diferente das anteriores, ocorreu no hospital onde o Matteo nascerá. O ginecologista do hospital analisou todos os exames que foram realizados durante a gestação e preparou uma cartela clinica, que será utilizada no dia do parto. 

Foi feita a analise do liquido amniotico e a ecografia, ambos mostraram que o Matteo está em perfeitas condições, embora não demonstre sinal de que queria sair tão cedo. O médico disse que não existe dilatação e que ele já esta na posição. 

Conseguimos vê-lo movendo a boquinha, como se estivesse saboreando/bebendo algo. Pudemos ver o rostinho dele de perfil. Simplesmente lindo!

O que deu para vermos com melhor nitidez, que impressionou mais uma médica foi o tamanho do 'pintinho' do molequinho. A médica disse "esse é sem dúvida nenhuma um menino". Marcelo do lado sorria felizzzzz.....kkkk

Caso o Matteo não chegue até dia 06/04, teremos uma nova consulta no dia 07/04. 

Matteo nascerá na maternidade Vittore Buzzi (em Milão), especializada em ginecologia e pediatria. O lugar é uma gracinha. Na Itália funciona da seguinte forma: praticamente ninguém tem convênio médico, porque o sistema sanitário funciona muito bem. Todas as minhas amigas italianas tiveram seus partos em hospitais/maternidade públicos, com assistência parecida com a de particular. 

Como mencionei em postagens anteriores, para fazer exames paga-se um valor insignificante (ex. sangue dos mais diversos €4,00, ecografias dependendo da semana de gravidez não custam nada € 0,00). Caso a gravida se sinta mal e precise ser atendida, tem prioridade total e não paga consulta. Em toda a gravidez me senti mal três vezes e fui atendida imediatamente. Os médicos fizeram todos os exames que pode-se imaginar, além de terem ficado meia hora me monitorando e ouvindo o coraçaozinho do Matteo. Só me liberaram quando tiveram a certeza de que não era nada demais. O custo dessas idas ao pronto socorro? Zero (€ 0,00). 

O mesmo acontecerá no parto. Tinhamos dúvida entre dois hospitais: Mangiagalli e Buzzi. Passei semanas pesquisando sobre ambos, mas o nível deles era muito parecido. Acabamos optando pelo Buzzi porque é referência em Milão há mais de cem anos, segundo lugar em partos em Milão, responsável pelo nascimento de mais de 3.500 bebês por ano. 

O hospital possui 173 quartos para internação e tem toda a experiência ginecologica e pediatrica necessárias. Para se ter uma idéia, as salas de parto são individuais, têm banheiro com chuveiro para ajudar as mães em trabalho de parto, local dentro do banheiro para que o pai possa auxiliar a esposa, cadeiras e bancos para ambos e defende que a mulher deve ficar na posição que preferir e que sentir menos dor, não somente deitada na cama horizontal. O pai participa juntamente com as obstetras do parto, pode ficar o dia todo no hospital para ajudar a mãe, enfim digamos que o tratamento é de hospital particular. Vejam as fotos do lugar.

Como não consegui agendar o curso pré-parto em tempo, acabamos participando de encontros com os médicos (anestesista, obstetra, enfermeira, especialista em amamentação, neonatologo, psicologo, sexologo) dentro do próprio hospital. Tudo gratuito. Eles foram excelentes e demonstraram o amor e a seriedade com a qual atuam.  

Logicamente, um bom parto não depende somente de detalhes desse tipo, mas com certeza te trazem mais segurança para enfrentar uma experiência tão inédita e cheia de emoções contrastantes.